É filho de Verediano Pereira de Souza e de Jerônima Alves da Silva, neto paterno de Francisco Machado de Souza e Olímpia Pereira da Silva, neto materno de Pio Alves Vilela e Concórdia Cândida da Silva, nasceu em 13 de junho de 1944, na zona rural do então distrito de Itarumã, hoje município autônomo, desmembrado de Jataí, GO. Brasileiro, casado civilmente, pai de duas filhas, reside na sede de Jataí desde 1956, tendo residido temporariamente em Brasília, DF, Goiânia, GO e São Carlos, SP, durante oito anos, enquanto trabalhava e estudava. Exerceu diversas profissões: bancário, auxiliar de escritório, contabilista, advogado e servidor público federal. Cursou o primeiro grau no Instituto Samuel Graham e o segundo no Colégio Estadual Nestório Ribeiro, de Jataí, tendo cursado dois anos do colegial clássico  no Centro de Ensino Médio (“Elefante Branco”) em Brasília, DF. Graduou-se em Ciências Jurídicas (Direito) em São Carlos, SP,onde também cursou o Estágio Profissional, residindo durante cinco anos nessa cidade do interior paulista, onde trabalhou como contabilista.

Auditor fiscal do trabalho, aposentado pela União Federal, exerceu o cargo em Jataí, exercendo ainda, durante três anos,  a chefia da repartição local do Ministério do Trabalho e Emprego. Ministrou aulas de Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, durante quatro anos e meio na Faculdade de Direito de Jataí.

Publicou o primeiro livro literário em 1974, depois disso voltou aos estudos, bacharelou-se, casou-se, advogou, tornou-se pai, fiscalizou, ensinou Direito, aposentou-se, empenhou-se em formar as filhas na capital goiana, trouxe-as de novo para Jataí,  formadas, casaram-se, e, finalmente voltou a se dedicar à atividade literária, em caráter amador, como realização pessoal, que foi postergada durante muitos anos enquanto fazia o seu currículo de vida. Participando de concursos literários nacionais, em 2003 foi classificado em primeiro lugar, no 1º Concurso de Poesia da Academia de Letras de Vassouras, RJ; em 2004; no concurso de verso das Edições DGF, de Ibirité, MG; e ainda em 2009,  no 12º Prêmio Missões, da Igaçaba Produções Culturais, de Roque Gonzáles, RS; em 2002 foi segundo lugar em concurso de crônicas da ALPAS XXI, de Cruz Alta, RS; em 2008 recebeu medalha e diploma de menção honrosa no II Concurso Nacional de Poesia da Academia Itajubense de Letras, de Itajubá, MG; recebeu dezenas de menções honrosas em diversos outros concursos literários pelo país afora; medalhas de mérito acadêmico e medalha cultural “Machado de Assis”, da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias, da cidade do Rio de Janeiro; medalhas culturais da Revista Brasília; certificado de Benfeitor da Cultura em Jataí, 2002, da Prefeitura Municipal.

É  membro do Sindicato Nacional  dos Agentes da Inspeção do Trabalho, com sede em Brasília, DF; é inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de Goiás, vinculado à Subseção de Jataí; é associado à União Brasileira de Escritores, Seção de Goiás; é membro efetivo da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias da cidade do Rio de Janeiro; é membro decano do Clube de Escritores de Piracicaba, SP.

Obras publicadas: Verão Confidente, prosa e verso, Editora Lance Ltda.,São Paulo; Memorial de Escrevinhações para o Outono, 1999, gêneros variados, Editora Terra, Goiânia/Itumbiara; Coletânea da Primavera, 2004, prosa e verso, edição artesanal, Jataí, GO: Dossiê de Poeta (Antes do Inverno), 2006, poesia, Editora Kelps, Goiânia, GO; Ordem Poética Terceira, 2008/2009, edição artesanal, Jataí, GO; participações avulsas em mais de 50 obras de literatura alternativa (consórcios ou cooperativas literárias), publicadas nos Estados do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e de São Paulo (antologias, coletâneas, enciclopédias, etc.); colaborador das revistas literárias: REVISTA ACADÊMICA, ABEPL, Rio de Janeiro; REVISTA BRASÍLIA, Brasília/Rio de Janeiro.