Então... filho do cuspe e da fadiga
argamassa de tosca procedência
a postular quinhão de transcendência
e bônus pra viver depois da vida

com pretensões de ser do mundo a viga
ou a ponte de aço e transparência
que possa se ligar à onipotência
à abundância e à fartura desmedida.

Sem se ligar pra Terra carcomida
revira o mundo à cata de saída
que dê motor a tanta prepotência.

No fundo, é ser de sina decaída
perde na volta o que ganhou na ida
enquanto pisa em grãos de reticência.

(foto: diariodonordeste.verdesmares.com.br)